Se liberte.
Pulpit rock
“Vi uma estrela cadente e pensei em você.”
“Não é que a vida esteja assim tão boa, mas o sorriso ajuda a melhorar.”
Falamansa  (via terminar)
“Dizem que quando você beija alguém de olhos fechados é porque essa pessoa é muito especial pra você, e eu tirei uma teoria disso: é porque você se sente seguro o suficiente pra fechar os olhos e esquecer um pouco do mundo a sua volta e se concentrar somente naquela pessoa.”
Desconhecido.       (via principar)
“Julia, recebi o bilhetinho que você deixou na recepção do prédio, e o que mais me chamou atenção foi o “obs.: fui covarde pra dizer na sua cara o quanto te odiava por gostar das suas camisas, ou de você. Que seja”. E eu, Julia, tô meio cego em tiroteio agora. Eu não sei exatamente se você quer que eu te ligue ou ignore tudo que eu quase sinto por você pipocando na minha cabeça. Julia, você provavelmente não entende porra nenhuma sobre gostar de alguém, o pior é que nem eu sei. Se eu dissesse metade das coisas que tenho vontade pra você, Julia, você já teria me dado um pé na bunda. Não que você já não tenha dado, mas eu digo definitivo. Um que você não deixaria um bilhete na recepção depois. Minha vida depois que você apareceu ficou estranha e bagunçada. Como você e tua mente. Eu sabia que você não prestava, Julia, eu sabia mas eu quis tanto que você fosse diferente de mim, que eu meio que tampei os olhos. A única coisa diferente é o nosso gosto pessoal, e o cheiro. Você odiava cigarro, Julia, e se dizia indignada por eu fumar tanto e ter dentes tão brancos. Parei de fumar, sei lá. Fumava pra esquecer dos problemas, assim como eu bebia. Mas fumar e beber me lembravam você, e meus vícios se tornaram um problema em torno de você. Quer saber, Julia? Que tu era encrenca eu sempre soube, e esse era o charme. Eu devia ter ido embora quando disse “ei, você não recebeu minhas mensagens ou ligações?” e você respondeu “recebi, só não quis te responder”. Você mandou um beijo no ar, virou as costas e meteu o pé. E eu não pensei “cara, que filha da puta” eu pensei “cara, que filha da puta… que tem um puta cheiro bom e um corpo que eu faria estrago”. Quem fez estrago, Julia, no final foi tu. Mas eu ainda penso a mesma coisa, só que agora eu sei que tu é a mina mais impossível do mundo. O pior vício de manter, a pior coisa pra se querer. Sabe quando tu pensa “ela é difícil mas depois que conquista fica fácil”? Tu ficou mais difícil ainda. Tudo bem que eu nem te conquistei, mas ah… Tu ainda sabe meu prédio e o número do meu apartamento. Isso significa alguma coisa? Não? Certo, eu finjo que significa. Sem problemas. Ou com problemas até demais, culpa tua. Como sempre.”
Sobre o vício numa garota que não bebia café, mas ouvia Cazuza.  (via desvalorizavel)
“Se a gente juntar com a pá migalhas e farelos, o pó e os cacos que sobraram de nós dois, acho que faz um inteiro. Será que não? E aí? Que tal? Vamos? Como soa dividir comigo essa existência idiotamente ridícula, morna, real, estúpida, bagaceira e imbecil? Vamos fazer diferente, como ninguém mais sabe fazer, só nós? Diz que vamos, vai.”
Gabito Nunes.  (via thiaramacedo)
sterblitchhh:

Sou apaixonada por esse homem ❤️
"se isso não é amor o que mais pode ser?" sou eu fazendo o papel de trouxa mais uma vez.
in—flames:

INSTAGRAM
DESIGNER ©